terça-feira, agosto 02, 2005

ODE


solsaph Posted by Picasa

A cada qual, como a statura, é dada
A justiça: uns faz altos
O fado, outros felizes.
Nada é prémio: sucede o que acontece.
Nada, Lídia, devemos
Ao fado, senão tê-lo.

R.R., ou seja, R___________ R________

3 comentários:

Anónimo disse...

R. R. ou seja Ricardo Reis?
verdade?
ou o outro Fernando...com esta...

Gato que brincas na rua

Gato que brincas na rua
Como se fosse na cama,
Invejo a sorte que é tua
Porque nem sorte se chama.

Bom servo das leis fatais
Que regem pedras e gentes,
Que tens instintos gerais
E sentes só o que sentes.

És feliz porque és assim,
Todo o nada que és é teu.
Eu vejo-me e estou sem mim,
Conheço-me e não sou eu.

Fernando Pessoa in Cancioneiro

Continua

Anónima

janus disse...

R: Ricardo Ricardo :)))

Esse nome mexe comigo, até aqui aparecem ricardos.

A resposta ... bem... para quem nem sabe a matrícula do carro estes enigmas são muito difíceis... então vou utilizar uma técnica antiga.

R: O autor de cântico negro é: José Régio

Fiquei com os piores genes da família ih ih ih

soueu disse...

Essa técnica é porreira e eu tb. uso (uzo?) muito... Às vezes há professores que dão por isso, mas raramente!