terça-feira, fevereiro 28, 2006

AS MULHERES











O que dizem, acerca das mulheres, alguns homens considerados como sábios pensadores... Mimos!

"As mulheres, os escravos e os estrangeiros não são cidadãos."
Péricles, político democrata ateniense, séc. V A.C., um dos mais brilhantes cidadãos da civilização grega.

"A natureza só faz mulheres quando não pode fazer homens. A mulher é, portanto, um homem inferior."
Aristóteles, filósofo, séc. IV A.C.

"Inimiga da paz, fonte de inquietação, causa de brigas que destroem toda a tranquilidade, a mulher é o próprio diabo."
Petrarca, poeta italiano do Renascimento, séc. XIV

"O pior adorno que uma mulher pode querer usar é ser sábia."
Lutero, teólogo alemão, séc. XVI

"Enquanto houver homens sensatos sobre a terra, as mulheres letradas morrerão solteiras."
Jean-Jacques Rousseau, escritor francês, séc. XVIII

"A mulher pode ser educada, mas sua mente não é adequada as ciências mais elevadas, à filosofia e algumas das artes."
Hegel, filósofo e historiador alemão, séc. XIX

"Uma mulher? Mas o que é uma mulher? A mulher é o gôzo. Tira-lhe a formosura e o que te fica? Nada. Mulheres honradas! Nem tua mãe!"
Albino Forjaz de Sampaio, da Academia das Ciências de Lisboa, séc. XX.
Pela parte que me toca, muito obrigada, queridos homens, pela consideração!...

segunda-feira, fevereiro 27, 2006

CARNAVAL




















BERTA CARDOSO e ANTÓNIO ROCHA, n' "A Viela", anos 70, pelo Carnaval.

domingo, fevereiro 26, 2006

sábado, fevereiro 25, 2006

Para maiores de 40 anos !

Recorde a música, a publicidade, os livros, as séries de animação da sua juventude

www.anos60.com/

www.misteriojuvenil.com


e, se gostar de fado, não deixe de consultar a página de Um Bolíndri na Tarrafa - Fadistas e Lugares

http://www.agal-gz.org/blogues/index.php?blog=14&p=236&more=1&c=1&tb=1&pb=1#more236

NAU CATRINETA

















MARIA PEREIRA e BERTA CARDOSO, na Nau Catrineta, um Restaurante Típico / Casa de Fados que existiu em Alfama, na Travessa de São Miguel, 22, ao Chafariz de Dentro, cujo prédio foi demolido, creio que nos anos noventa.
Em 1981, Berta Cardoso que, por motivos de doença, em finais dos anos setenta, deixara a Viela onde cantava há cerca de vinte anos, regressa às cantigas, encabeçando um elenco de luxo na reabertura da Nau Catrineta, agora com o nome de O POETA. Desse elenco, permito-me sublinhar o nome de NATÁLIA DOS ANJOS e ainda a participação de BEATRIZ DA CONCEIÇÃO.
Noites grandes de FADO guardadas na memória de quem as viveu...

domingo, fevereiro 19, 2006

Lembrando...



















1941 - "TOMA LÁ CEREJAS !"

Uma revista, no Teatro APOLO, com BERTA CARDOSO, DINA TERESA e CARLOS LEAL

sexta-feira, fevereiro 17, 2006

terça-feira, fevereiro 14, 2006

Hiper-realismo



"Mother and Child"

Uma escultura de Ron Mueck, um australiano nascido em 1958.

domingo, fevereiro 12, 2006

Hugo Seia - Mundjamba













Sunset - óleo de Hugo Seia, um Homem que foi caçador e que é também pintor, fotógrafo e escritor; um Homem de rara sensibilidade; um Homem que admite o eventual paradoxo de profundamente amar os animais que abate...
Conheça melhor a vida e obra de Mundjamba - www.hugoseia.com

sábado, fevereiro 11, 2006

Ângela Pinto



29.Janeiro.1938

Um cartaz a anunciar uma Grande Noite em Homenagem a ÂNGELA PINTO, no retiro da Severa, com a colaboração dos Fadistas BERTA CARDOSO, Mª Emília Ferreira, Mª do Carmo Torres, Deonilde Gouveia, Adelina Silva, Júlio Proença, José Porfírio, José Pereira e Xavier Pinto e dos artistas Erico Braga, Irene Izidro, Mirita Casimiro e Estevão Amarante, entre outros, e também de dois ilustres intelectuais portugueses - o Dr. Ramada Curto e Anita Patrício.

Noite de Estrelas !

Cuidado!















A Gata e A Rata

domingo, fevereiro 05, 2006

O Sol engarrafado

Duas quadrinhas populares acerca da Pingoleta e do Fado

Todo o vinho que se bebe
com conta, peso e medida
É sangue que se recebe
Para prolongar a vida

O vinho é sangue e é Fado
e por isso não faz mal
É o sol engarrafado
A bendizer Portugal.


E também as palavras de Miguel Torga:
"Nas margens de um rio de oiro, crucificado entre o calor do céu que de cima o bebe e a sede do leito que de baixo o seca, erguem-se os muros do milagre. Em íngremes sucalcos, varandins que nenhum palácio aveza, crescem as cepas como manjericos às janelas. No Setembro, os homens deixam as eiras da Terra Fria e descem, em rogas, a escadaria do lagar de xisto. Cantam, dançam, e trabalham. Depois sobem. E daí a pouco há sol engarrafado a beber os quatro cantos do mundo..."
(in Portugal, 1950)

sábado, fevereiro 04, 2006

Torera
















Imagem retirada de www.faenas.blogspot.com
Pena não estar identificada

Festa Brava















"Não há no mundo espectáculo mais nobremente sugestivo, mais virilmente belo, mais legitimamente português do que a corrida de toiros."
Ramalho Ortigão

quinta-feira, fevereiro 02, 2006

quarta-feira, fevereiro 01, 2006

31.01.2006
















O público do CCB aplaudiu de pé o Ballet Nacional de España, particularmente na 2ª parte, homenagem a Carmen Amaya, La Leyenda, coreografia do director artístico José Antonio.
http://www.carmen-amaya.com/