sexta-feira, junho 29, 2012

FADO 43









D.Pop.

Uma despretenciosa mirada ao panorama do Fado, em 1943; a amostra é reduzida mas, mesmo assim, já deixa alguns indicadores e permite tirar algumas conclusões...
A consagrada Ercília Costa, apresentava-se no Retiro dos Marialvas;
A também já consagrada Berta Cardoso encontrava-se no 2º ano de interrupção da sua actividade artística, para se dedicar à obstetrícia;
Amália representava Portugal em Espanha e actuava no Casablanca, nas Noites da Moda, ao lado de Júlio Proença, do jovem Fernando Farinha e de Xavier Pinto, casa onde se exibia igualmente a Orquestra Caravana, uma orquestra feminina portuguesa de guitarras...
Natália dos Anjos, Maria Virgínia, José Coelho, Tristão da Silva e Xavier Pinto, são alguns dos fadistas que integram os seleccionados elencos do Retiro dos Marialvas.

sábado, junho 23, 2012

BERTA CARDOSO - "Noite de S. João"


Um fado com letra de J.Linhares Barbosa, o "Príncipe dos Poetas", música de José Marques, interpretação de Berta Cardoso, a "Voz de Ouro do Fado".

"Foi numa noite de verão
d'emoção, pelo S. João,
que eu resolvi ir ao baile
vesti um traje catita
de chita muito bonita
e o meu mais vistoso xaile

... ... ... ...

Que noite de S. João
noite não e de traição
naquele bairro das Trinas
O tal que me namorava
também estava, mas dansava
co' a mais bela das varinas

... ... ... ...

Descalcei uma chinela
Ele, que andava com ela,
Virou-se, e saiu comigo!

:-)

VÍDEO DE HOMENAGEM
video

I.P.04

(Verbete reeditado, de 23.Jun.2008)

segunda-feira, junho 18, 2012

"FADO ANTIGO"



Este "Fado Antigo", que também foi gravado com o nome de "Perna de Pau", é um original de Amadeu do Vale e de Raul Portela, uma criação de Berta Cardoso na Revista "Olaré quem brinca".

quarta-feira, junho 13, 2012

O FADO E A ALMA PORTUGUESA


Fernando António Nogueira Pessoa (13.JUN.1888 - 30.NOV.1935)...

Toda a poesia - e a canção é uma poesia ajudada - reflecte o que a alma não tem. Por isso a canção dos povos tristes é alegre e a canção dos povos alegres é triste.
O fado, porém, não é alegre nem triste. É um episódio de intervalo. Formou-o a alma portuguesa quando não existia e desejava tudo sem ter força para o desejar.
As almas fortes atribuem tudo ao Destino; só os fracos confiam na vontade própria, porque ela não existe.
fado é o cansaço da alma forte, o olhar de desprezo de Portugal ao Deus em que creu e também o abandonou.
No fado os Deuses regressam legítimos e longínquos. É esse o segredo sentido da figura de El-Rei D. Sebastião.


Fernando Pessoa

(in Notícias Ilustrado, 14-4-1929)

domingo, junho 10, 2012

BERTA CARDOSO - "Lés a lés"


















 
Embora o disco não se encontre nas melhores condições, acho que, mesmo assim, vale a pena ouvir estes génios do Fado - a voz de Berta Cardoso, a guitarra de Armandinho e a viola de Georgino -, interpretando um fado de autoria não menos genial - letra de J. Linhares Barbosa, música de Júlio Calado.
A Glosa obedece ao seguinte mote:
"A cantar de lés a lés /Atravessa o mundo inteiro / Verás, em todo o estrangeiro / Todos te dirão quem és"
Claramente um elogio ao povo português, aos Descobrimentos, à Canção Nacional. Se, como diz Pessoa, "A minha Pátria é a minha Língua", o Mundo é a Pátria dos Portugueses; porém, "um Mundo sempre estreito para o coração português"... Pois se o coração português é maior que o Mundo!

video

(Aqui pode consultar a letra, que teve inicialmente o título de "Identidade" e que Linhares dedicou a Alberto Costa - G.P. 18.04.31)

(Verbete reeditado, de 09.06.2008)

quinta-feira, junho 07, 2012

Os 2 "Fado da Azenha"

Este é um dos mais conhecidos fados tradicionais, com letra e música da autoria de J. Frederico de Brito, que o escreveu para o repertório do cantador Vitor Daniel

G.P.1931

Ao longo dos anos, foi sendo interpretado e gravado por diversos cantadores e cantadeiras, ora com a letra original, ora com outras letras, 

Curioso é o facto de ter, o próprio Frederico de Brito, escrito uma outra letra, com o mesmo motivo, para esta música e para o repertório de BERTA CARDOSO. Com sorte, este foi um dos poucos discos que "escapou" e se encontra em bom estado... Aqui fica este quase inédito, a recordar essa voz que no Fado foi reconhecida como a "Voz d'oiro", acompanhada pelos igualmente "Instrumentistas d'oiro" ARMANDINHO e GEORGINO.
Pena é que, até agora, ainda se não tenha reeditado esta Voz que, no Fado, foi um caso!...

video

(Verbete reeditado de 26.04.2012)

segunda-feira, junho 04, 2012

Centenário BERTA CARDOSO

Passam hoje 100 anos sobre o nascimento de uma das mais importantes personalidades da História do Fado - BERTA CARDOSO, em memória e homenagem de quem iniciei este blogue, em Abril de 2005, espaço que acabou por, ao longo do tempo, ser também lugar de memória e homenagem a muitos outros fadistas contemporâneos (e não só) da fadista e actriz Berta Cardoso.

É lamentável que o equipamento responsável pelo pelouro do Fado não tenha organizado qualquer evento para assinalar esta efeméride, mas... eles lá sabem!

Lamentável me parece igualmente que, até hoje, não tenha havido o cuidado, a preocupação, de reeditar em CD os (poucos) temas que ficaram gravados e que, em vinil, estão completamente esgotados.

Para celebrar esta data, elaborei este video com imagens de diversas épocas da sua vida artística e em que Berta interpreta o fado "Não vou contigo", da autoria de José Pereira.


video

(Verbete de 21.10.2011 reeditado)