domingo, abril 01, 2007

Quando Fado acontece


A letra é de Artur Ribeiro e a música de João Mª dos Anjos

Nem sempre acontece fado
No cantar estilizado
Que sai de cada garganta
E às vezes nada acontece
Porque quem cante se esquece
De dar sentido ao que canta.

Quem canta, nem sempre tem
Razões para amar alguém
E às vezes nunca sofreu
E, sem nunca ter vivido,
Como pode dar sentido
Ao que o poeta escreveu?

Mas, se acontece o contrário,
Nós temos por fadário
Amar, amar sem medida
E então acontece fado
E cada verso cantado
Fica transformado em vida!
Posted by Picasa

4 comentários:

Tochas disse...

E que tal um passeio por uma viela de Lisboa desconhecida?
- www.youtube.com/deolindalisboa
Abraço para ti!

Okawa Ryuko disse...

Bela foto!

Anónimo disse...

isto por aqui está
cada vez melhor!Sempre inspirado o seu blog!
Valeria Mendez

Anónimo disse...

Só hoje tive oportunidade de ver o teu blog e quero para já parabenizar-te (adoro o verbo.
A magnífica foto devia ter a tua assinatura por baixo!
Não te esqueças!
Eu