segunda-feira, setembro 19, 2005

"As ruas"


Uma rua em Leiria Posted by Picasa
Quem vem do Castelo, apanha esta rua e desemboca directamente no Terreiro.
À esquerda, o "Quintal de baixo", todo enfeitado, com tantas recordações da minha infância e juventude!...
Leiria, uma cidade a visitar.

Com letra do Dr. Castelo Branco Mota, um excerto do fado "As ruas são"

Nas ruas, ando perdida
ando ao sabor do luar
no desejo de encontrar
sentido para dar à vida
Às ruas peço carinho
que sempre busquei em vão
e suplico à ilusão
que ilumine o meu caminho.

As ruas são,
sempre que te vais embora,
o sítio onde a alma reza
pedindo a Deus qualquer fim.
As ruas são
lenitivo da tristeza
que na minha casa mora
quando estás longe de mim.

2 comentários:

sou eu disse...

xiiii andamos numa de recordar o passado ;)

Anónimo disse...

Neste caso, este post foi pedagogico para mim. desconhecia o poema e o AUTOR do mesmo. Aprende-se sempre imenso 'navegando' POR AQUI!!!
um abraço
Valeria Mendez