sábado, setembro 24, 2011

O "Chico da Mouraria" - SAUDADE DOS SANTOS

Numa I.P. de 1906, a encimar um interessante artigo de Albino Forjaz Sampaio, que pode ler aqui, a imagem de Francisco da Conceição, o Chico da Mouraria, uma figura fadista que o fado com o mesmo nome celebra e a propósito se lembra, na notável interpretação de Saudade dos Santos. Este fado, que também se encontra gravado por Argentina Santos, foi, salvo melhor opinião, criação e pertenceu ao repertório de Arminda Vidal, uma fadista quase esquecida, mas que teve notoriedade nos anos 30/50, que fez parte do elenco privativo do Retiro da Severa (1938), ao lado de grandes nomes do fado, tais como Berta Cardoso, Alfredo Marceneiro, Mª Emília Ferreira, Júlio Proença e outros.

Doutra figura mítica também se fala nesse artigo, o Sérgio do violoncelo, que tocava na Carreirinha do Socorro e que ficou também imortalizado num fado, interpretado por Berta Cardoso, que deu brado na Revista Cartaz de Lisboa.


Plat.

2 comentários:

fernando disse...

¡Cuanto aprendo en este blog!
Muito obrigado.

Fadista disse...

Tb. eu aprendo sempre no seu tão interessante blog.
Obrigada, Fernando
O.