segunda-feira, abril 19, 2010

RICARDO RIBEIRO - "Horas de Fado"

VÍDEO DE HOMENAGEM

video

É, hoje, editado o novo disco de Ricardo Ribeiro, uma Voz, um talento e um dos mais genuínos intérpretes actuais do Fado tradicional.
Desejando que tenha um enorme, já que bem merecido sucesso, com o seu novo trabalho, recordo-o nesta magnífica interpretação de "Horas de Fado", da autoria de Artur Ribeiro e Armando Machado.
Beijinho.

Horas de Fado
Horas de solidão, horas de fado / No meu andar perdido, a razão / Horas de ser poema amargurado / A falar de pecado e de traição

Horas de ser poema e não poder / Gritar, gritar até que fique rouco / O meu castigo de viver viver / Castigo de não ser ainda louco

Horas de solidão recomeçadas / De cada vez que fico só assim / Horas que vão ficar em mim paradas / Até que novo amor renasça em mim
***
Como curiosidade, e melhor respondendo à questão do amigo Jaume, aqui ficam estes dois documentos que complementam o que já ficou dito acerca deste Fado
Por estas e outras!...

6 comentários:

jaume disse...

Não conhecia este fado, e gostei dele. A música de A. Machado é um fado clássico?
Obrigado pelo post.
beijinho.
jaume

MLeiria disse...

Clássico/Tradicional, acho que sim,...mas quem sou eu para opinar?
Gostei que gostasse. Eu tb gosto...mtº.
Bjinho
O.

http://kalungablog.wordpress.com/ disse...

Jaume este fado é dos clásicos, e na gíria fadista se chama " Fado Súplica". Um abraço para ti e para a nossa querida amiga "TiaMacheta": Américo

MLeiria disse...

Olá,Jaume, andava à procura dos documentos que hoje acrescentei ao verbete, para melhor lhe responder, e, embora o Américo já tenha respondido e muito bem à sua questão, não quero deixar de dar a conhecer estes dois preciosos documentos.
Bjs
O.

Américo disse...

Pois estamos sempre a aprender consigo, cara amiga. Eu nao sabia que foi Berta Cardoso a criadora desse fado. Mais um que registo com um muito obrigado. Bjinho amigo. Américo

jaume disse...

Mais uma vez obrigado aos meus amigos pela sua ajuda. Eu estava certo que tinha ouvido essa melodia, noutro tom , noutro estilo ao mais novo dos Moutinho, agora fica comfirmado.
Um abraço e até breve.
jaume