domingo, abril 25, 2010

MÍSIA - "Velha inimiga"

VÍDEO DE HOMENAGEM

video

"Velha inimiga", um fado de José de Jesus Guimarães e de Resende Dias interpretado por Mísia.

Povo que esperas a hora / Que és tronco, seiva e raiz / Que és vida e sonho pungente / Ó povo do meu país / Manda esta saudade embora / Correm os rios para o mar / Não voltam mais à nascente //

Trago esta saudade antiga / Antiga como um brazão / É uma velha inimiga / Dentro do meu coração / Porque mistério se me invoca / Este passado cinzento / Tão longe que nem me toca / Tão perto em meu pensamento //

Povo que esperas a hora / ...

Esta saudade que importa / Tem o seu lugar marcado / Por detrás daquela porta / Com que se fecha o passado / E quem procure o seu norte /Na manhã de nevoeiro / Não deve render-se à sorte / Sem haver luta primeiro //

4 comentários:

o escriba disse...

Boa Noite!

Mão amiga trouxe-me até este espaço. Fiquei para ler e aprender. Porque gosto de Fado e de aprender (a minha profissão é ensinar, mas acima de tudo aprender).
Gostei muito, pelo conhecimento, pela frontalidade de opinião e pela dignidade que se dá ao que é português.

Um abraço
Esperança

Fadista disse...

Bom Dia, Esperança!
Muito obrigada pelo seu comentário, que já colocou um sorriso no meu coração. É bom começar assim o dia!
Até breve.
Abraço
O.

Anónimo disse...

Há algum tempo que nada digo neste magnífico blog, embora o visite com regularidade.Confesso, que Mísia nunca foi uma fadista da minha devoção, mas hoje fiquei a gostar.
Bem hajas por continuar adivulgar o fado e não só...
abraços
Eu

Fadista disse...

Obrigada, Eu, pelo seu comentário que tanto diz em tão poucas palavras.
Hugs!
O.