quinta-feira, junho 04, 2009

MIRITA CASIMIRO - "Maria Papoila"

MIRITA CASIMIRO, A ETERNA MARIA PAPOILA


Em 10 de Outubro de 1914 nasceu, em Viseu, Maria Zulmira Casimiro de Almeida. O seu pai foi o famoso cavaleiro tauromáquico José Casimiro. Os seus irmãos Manuel e José eram praticantes da mesma arte. Apesar de ter ficado para a posteridade como a "Maria Papoila", ela foi muito maior nos palcos, onde se estreou profissionalmente em 1935, na revista "Viva a Folia", cantando alguns números e integrada na Companhia de Maria das Neves, no Teatro Maria Vitória. Já desde miúda que cantava e encantava a família e os amigos. Em Lisboa conquistou o público ao interpretar canções tradicionais da Beira Alta, envergando a capucha castanha, feita de burel, das serranas e exibindo a pronúncia da região de Viseu. No ano seguinte fez um aplaudido travesti na peça "João Ninguém" e rapidamente obteve sucesso em revistas e operetas. Em 1941 casou com Vasco Santana e formou uma dupla de enorme êxito. Alguns anos mais tarde e depois de uma dolorosa e algo escandalosa separação, Mirita passou a ser mal vista, no meio teatral, e a sua carreira começou a desmoronar-se. Em Março de 1956 tentou a sua sorte no Brasil, para onde foi trabalhar e viver, sem grande nota. No ano de 1964 voltou a Portugal para trabalhar no Teatro Experimental de Cascais. Em Janeiro de 1966, inaugurou uma nova fase do seu trabalho, estreou-se em "A Casa de Bernarda Alba", de Frederico Garcia Lorca.Voltou ao teatro mais popular e apesar de ter participado em vários projectos vocacionados para a fazer brilhar, desde "A Maluquinha de Arroios" em 1966 e "O Comissário de Polícia" em 1968, não conseguiu recuperar o anterior fulgor. A fatalidade bateu-lhe à porta, em 12 de Novembro de 1968, no Porto, onde sofreu um grave acidente de viação. Impossibilitada de voltar ao palco e deprimida, acabou por desistir de viver, em 25 de Março de 1970, na sua residência em Cascais.

Nome completo: Maria Zulmira Casimiro de Almeida

Data de nascimento: 10 de outubro de 1918 (Viseu)

Filmografia 1937 - "Maria Papoila" - Leitão de Barros
1967 - "Um Campista em Apuros" - Herlander Peyroteo

Data de Óbito: 25 de Março de 1970


(Nota biográfica retirada daqui http://filmes_portugueses.blogs.sapo.pt/34577.html )

*

Mirita Casimiro era frequentemente lembrada por Berta Cardoso, que muito a admirava enquanto pessoa e como actriz e com quem trabalhou na Revista "Olaré Quem Brinca", um espectáculo de assinalável êxito; Berta Cardoso estreou nessa revista, entre outros, o "Fado Antigo", de Amadeu do Vale e Raul Portela, fado que posteriormente gravou com o nome de "Perna de Pau".
*
Neste vídeo de homenagem, Mirita interpreta o tema popular "Ó ai, esteja quedo", que Celeste Rodrigues recuperou e gravou posteriormente; reparar-se-á que Mirita utiliza a pronúncia característica da região de Viseu.
*
(Agradecimentos a Miguel Villa http://istoeespectaculo.blogspot.com/,
*
VÍDEO DE HOMENAGEM

6 comentários:

MIGUEL VILLA disse...

ESTREEI-ME NO TEATRO AMADOR PARA SUBSTITUIR A FILHA DE MIRITA CASIMIRO NUM GRUPO DA PAREDE(SMUP)
AINDA HOJE SOU AMIGO A MARIQUITA
TENHO DA MIRITA ALGUMAS FOTOS BONITAS E TENHO TAMBÉM GRAVAÇOES DA MIRITA CASIMIRO
BELA RECORDAÇAO

Fadista disse...

Ah, bem! Então vou cravá-lo...
Até já, Miguel.

Manuel Peralta Godinho e Cunha disse...

Ofélia

Foi com agrado que li este texto sobre Mirita Casimiro.
Foi bom porque acrescentei algo que desconhecia.

Fadista disse...

É natural, Manuel, que saibamos pouco acerca destas nossas grandes artistas... tão pouco são dadas a conhecer pelas entidades a quem competia fazê-lo!...

Américo disse...

Eu Também cheguei a conhecer a Mirita, tinha uma graça natural. Que bom a Amiga continuar a trazer à recordação aqueles que de uma forma ou de outra foram pedaços das nossa vidas quando mais novos, e vivências tão saudosas daqueles tempos onde tudo parecia ser mais real que hoje, e mais Português. Bem Haja. Um bjinho . Américo

MLeiria disse...

É bom recordar, sim!
"Lembrança é quase presença"! O passado é para recordar, o futuro para viver.
Bjinho
OP