domingo, setembro 06, 2009

MARÍA DO CEO - "Amor de mel Amor de fel"

Uma das mais conceituadas fadistas em terras de Espanha, María do Ceo é portuguesa, filha de fadista, natural do Porto, mas residente na Galiza há muitos anos...
Para saber mais, pode ir aqui http://www.mariadoceo.com/biografia.php

Esta é uma das interpretações de que mais gosto deste inspirado fado, que tem letra de Amália Rodrigues e música de Carlos Gonçalves
VÍDEO DE HOMENAGEM

video

8 comentários:

jaume disse...

Concordo consigo querida amiga, este amor de mel e de fel e bom, claro porque esta fadista e boa e foi das primeiras que eu conheci, a cantar A casa portuguesa e outros clàssicos.
Obrigado por trazer la ao seu blogue.
Até breve, brevíssimo, não é??
beijinho
jaume

Ti Maria Benta disse...

Assim como o jaume também queria agradecer o facto de ter partilhado esta voz e este fado. O poema, belíssimo, só podia ter sido criado pela Alma que o criou, arrepiante e intenso, como aliás foi tudo aquilo que nos legou.

isto é espetaculo disse...

esta fadista é genial conheço todos os seus trabalhos desde os meus tempos de rádio.
vi em tempos uma reportagem sobre a maria do ceo na sic

Fadista disse...

Gostaria de lhe dar um sim absoluto, Jaume, mas depende um pouco da minha vida profissional e particular; sei que há-de ser, mas só não sei quando essa ida ao Kalunga...Contudo, vamo-nos encontrando por aqui e estou sempre à espera que tanto o Jaume como o Américo resolvam dar um saltinho até Lisboa onde me será sp mtº mais fácil encontrar-vos....
Gosto muito desta portuguesa-galega!... tb gosto de catalães-portugueses :)
Esta é mesmo uma das interpretações que prefiro, deste fado com essa letra magnífica da Amália.
Bjinho
O

Fadista disse...

Completamente de acordo, Comadre!; aliás, como já vem sendo hábito...
O prazer é todo meu, em partilhar convosco estas vozes, estes poemas estes sons, esta Alma Lusa!
Abraço
O

Fadista disse...

Tb. aprecio mto a Mª do Ceo, que há anos divulga o Fado, em terras de Espanha, mantendo-se fiel ao tradicional, na sua essência. Creio que há um vídeo desse programa, no youtube.
Sp. bem-vinda a sua participação, Miguel. Abraço
O

C'est moi disse...

Esta senhora tem grande sensibilidade. No entanto, este CD foi gerado com muito trabalho, até que as interpretações chegassem a este ponto. Digo-o porque fui o produtor do mesmo e o autor de todos os arranjos, das execuções da guitarra clássica e de uma ou outra guitarra portuguesa. Pena que, a determinada altura, a mesma senhora tenha preferido o sucesso fácil e imediato, algo "popularucho", à manutenção deste trabalho. Não o digo por não estar a trabalhar com ela desde 2004 mas porque é um facto. Por outro lado, não é exactamente uma fadista, mas uma cantora com alguma sensibilidade e expressão fadistas. Sempre achei que o seu caminho seria o da fusão do Fado com a canção galega, o que veio a fazer mais tarde. Pena que tenha demorado tanto tempo a perceber isso.

Fadista disse...

Parabéns, Sr Produtor! Está, de facto, óptimo, este vosso trabalho. E, embora eu tb não considere a Mª do Ceo como uma genuína fadista, a verdade é que acho exemplar esta sua interpretação deste tema amaliano...