domingo, março 29, 2009

El-Rei e O Fado



























Eis um interessante artigo de Rocha Martins, que nos fala do Fado, de El-Rei D. Carlos e do seu Mestre de guitarra, João Mª dos Anjos. Alguma razão terá quem sustenta que "Até o Rei ia ao Fado"...

Excelentes, as caricaturas de D. Carlos, da autoria do Mestre Rafael Bordalo Pinheiro.

4 comentários:

Manuel Peralta Godinho e Cunha disse...

Ofélia

Sempre que possivel leio com agrado qualquer notícia ou referência à vida de D. Carlos I, cujo reinado muito me interessa.
Fiz no meu blogue PARTEBILAS um pequeno apontamento sobre uma pega real:
http://sol.sapo.pt/blogs/partebilhas/archive/2007/01/14/Pega-Real.aspx

Sobre este seu post, agradeço o favor de me informar a data do jornal "Guitarra de Portugal", onde está inserido o artigo de Rocha Martins.
Queira desculpar a maçada.

MLeiria disse...

Manuel
Tenho, pelo Rei D. Carlos, um enorme respeito e uma profunda admiração, nomeadamente enquanto Homem das Artes e das Ciências, faceta que durante muito tempo andou esquecida ou se pretendeu "esconder". Acerca deste Monarca, barbaramente abatido a tiro, já aqui publiquei alguns posts e outros se seguirão. Fui ler o seu, no Partebilhas, que achei deveras interessante e crivel.
Qtº à data deste artigo é de 20.12.36; e não tem que me pedir desculpa; responder-lhe, não é maçada alguma; é óptimo até, ter alguém interessado que faz estas perguntas.
OP

Anónimo disse...

O ano passado um artigo publicado na imprensa dava conta que o fado O Embuçado de Gabriel (Marujo) Oliveira se referia a SM El Rei D. Carlos. Sustentando a opinião num amigo do poeta, Miguel Silva, e na opinião de Rui Vieira Nery.
Inez Benamor

MLeiria disse...

Provavelmente esse artigo e as opiniões dos citados, fundamentam-se nesta notícia,que data de 1936, e noutras da época. De facto, a letra "O Embuçado", que Gabriel de Oliveira escreveu para o repertório da Natália, mas que acabou por ficar "colado" ao João Ferreira-Rosa, aludirá por certo a este Monarca, se bem que metaforicamente, creio...
Que Dom Carlos aprendeu guitarra com o Mestre João Mª dos Anjos, é facto histórico... que fosse ao fado, mesmo que embuçado, é uma hipótese verosímel, tanto mais que gostava de fado e de o tocar, mas...fundamentalmente poética.
Para mim, importante, nesta notícia, é chamar a atenção para o facto de o Fado, já nos alvores do séc. XX e finais do XIX, não ser um género menor da Cultura Portuguesa, merecendo mesmo a atenção e dedicação de Homens de grande Cultura, como foi o nosso Rei Dom Carlos.
É que há por aí certos livros sobre Fado onde se diz precisamente o contrário... andarão agora a "emendar a mão"...