quinta-feira, setembro 06, 2012

BERTA CARDOSO - "Testamento"

video

Em 2006, no Museu do Fado, esteve patente uma exposição sobre BERTA CARDOSO, actriz e cantadeira, uma das mais importantes personalidades da História do Fado do séc. XX.
A exposição foi um sucesso, tendo sido primorosamente organizada, como pode constatar-se pelas fotos que integram o vídeo.
Não será demais agradecer, ainda uma vez, a dedicação e empenho de todos que colaboraram neste projecto, nomeadamente à responsável pelo Museu do Fado. Bem Haja!

Com este fado -"Testamento", da autoria de João Redondo, na voz de Berta Cardoso, despeço-me, neste espaço, de todos que seguiram este blogue (cujos verbetes continuarei a actualizar), agradecendo a atenção e os comentários.
Continuarei aqui, onde vos espero.

6 comentários:

Américo disse...

Berta Cardoso, grande entre as Grandes, hoje com as qualidades tecnicas no captar dos sons da gravação, esa senhora não teria rival.
Até o son dos instrumentos de hoje, são de muito melhor qualidade, e é claro, hoje qualquer um canta. Berta Cardoso, sentida homenagem de um amante do Fado.Américo

Fadista disse...

Muito obrigada, meu Amigo.
Bjinho
OP

Anonymous disse...

Um dos meus preferidos, cantados pela grande Berta Cardoso que tive o previlégio de a ouvir interpretar, e a meu pedido.
Bem hajas minha amiga.
Eu

MLeiria disse...

Esse "clima" quase que familiar que se estabelece entre fadistas e espectadores é mtº importante e faz a enorme diferença que existe entre ouvir-se determinado/a fadista no ambiente íntimo de uma casa de fados e ouvi-lo no palco de um recinto de espectáculos, mesmo que sentado na 1ª fila...
Para mim, numa casa de fados, o fado tem mais verdade!...
Obrigada pelo coment.
Volta sp.

Maria João Brito de Sousa disse...

Muito interessante, este blog dedicado a Berta Cardoso!

Fadista disse...

Muito agradecida pelo seu comentário. Este blog é, de facto, dedicado a Berta Cardoso, mas igualmente a todos os cultores dessa canção tão portuguesa, que alcançou ser considerada Património da Humanidade - o Fado.
Fui espreitar o seu blog e lá deixei registado o meu apreço por quem tão bem domina essa forma maior do género lírico, o soneto.