terça-feira, dezembro 20, 2011

"ORAÇÃO FADISTA" - Isabel de Oliveira e José Borges


Plat.

VIDEO DE HOMENAGEM
video

Já aqui tinha lembrado Isabel de Oliveira que hoje recordo novamente, numa desgarrada com José Borges, interpretando, no Menor, esta Oração, porém, Fadista, da autoria de João de Freitas

Numa noite, na viela / dum bairro mal afamado / caiu do céu uma estrela / e alguém disse que era o Fado//

Desde então, quem sofre e sente / algum desgosto de amor / tem nesta canção dolente / um lenitivo p'rá dor//

Pois o Fado é uma reza / que cantado nos dá calma / sendo a canção portuguesa / que mais fala à nossa alma//

É tristeza, sofrimento / saudade, melancolia / a expandir o sentimento / de quem sofre dia a dia//

E uma guitarra a tanger / na nossa linda canção / até parece o gemer / das cordas dum coração//

Esta canção sem igual / quando a cantar qualquer voz / nós sentimos Portugal / a vibrar dentro de nós.

FELIZ NATAL

2 comentários:

Associazione Culturale Luís de Camões disse...

Um Feliz Natal e um Ano Novo cheio de Paz, Amor, Saúde e Amizade!

Fadista disse...

Agradeço e retribuo os votos de Boas Festas!