sexta-feira, novembro 25, 2011

Uma noite de vela panda...




Ontem, a RTP1 transmitiu este espectáculo de Homenagem ao Fado (?!), promovido pela S.P.A., que teve lugar na Aula Magna da Reitoria da Universidade de Lisboa, cuja coordenação esteve a cargo de Tózé Brito, sendo o guião de Tiago Torres da Silva e a cenografia de António Casimiro.


Gostaria de aqui tecer largos elogios a essa notável iniciativa, mas apenas me apraz registar muito brevemente o seguinte


- mais uma vez, notei algumas ausências absolutamente inexplicáveis e certas presenças completamente dispensáveis...


- as vozes, nem sempre estiveram no seu melhor; diria mesmo que não foi uma noite feliz para grande parte do/as fadistas...


- em suma, teria sido um espectáculo sem brilho, talhado em figurino de outros tempos, não fora aquele genuíno toque Malatino, muito bem coadjuvado pela também apresentadora, mas Fadista que, com a sua interpretação irrepreensivel de um tema que não poderia ser mais bem escolhido, conseguiu transformar aquele sarau numa Noite Diamantina!...

4 comentários:

fernando disse...

Lamento estar tan lejos de Lisboa para entender la parte más críptica del post.
Solo puedo confirmar (Por lo visto y oido en el tube) que algunos artistas no tenían la voz en su mejor momento y que la presentadora está embarazada....

Roberto Peresio disse...

Ho visto, su RTPi e concordo pienamente...ma ho rivisto con piacere a Bia, comunque sempre un mito del Fado

Fadista disse...

Parece que foi nessa noite que foi tornada pública a gravidez da apresentadora e também fadista Diamantina que, em minha opinião, foi uma das estrelas do espectáculo.
Quanto a "essa parte mais críptica do post"... :-)
Saudações fadistas

Fadista disse...

Absolutamente de acordo, Roberto. A voz pode ser fundamental, mas, quanto a mim, no Fado a intenção pesa mais; muitos cantam o Fado, poucos transmitem o que, por certo, não é o caso da BIA, de quem sou fã, e que tem andado muito esquecida...