terça-feira, junho 13, 2006

SANTO ANTÓNIO




















No "NÓNÓ", casa de Fados no Bairro Alto, anos 80, sob o olhar de Stº António e do Menino, duas Fadistas posaram para a fotografia: BERTA CARDOSO e Beatriz da Conceição.
Frade franciscano e doutor da Igreja, Santo António, de seu nome Fernando Martins de Bulhões, nasceu em Lisboa, no bairro da Sé, em 1195, filho de D. Teresa Taveira, descendente do rei das Astúrias, e morreu em Pádua, em 13 de Junho de 1231.
Considerado, desde o séc. XVI, Santo Nacional dos Portugueses, é particularmente acarinhado por Lisboa, cidade onde mora o Fado.
Teólogo e exímio orador, é por muitos considerado um homem superior, mas, como diz Fernando Pessoa:
Santo António de Lisboa
Era um grande pregador,
Mas é por ser Santo António
Que as moças lhe têm amor.
Posted by Picasa

2 comentários:

Anónimo disse...

Curioso o recente interesse por Berta Cardoso. Anos a fio ouvimos semrpe falar de quatro garndes, sem nunca se referir a Berta. De repente, além do Museu do fado também a APAF organiza uma homenagem à criadora do "Fado Faia". Pedro Frías

MLeiria disse...

Diz o povo que "A verdade vem sempre ao de cima, como o azeite"...
Ainda bem que se reconhece, embora que tardiamente, o valor que foi Berta Cardoso cuja obra só pode engrandecer o Fado e a Cultura Portuguesa.